Formação de preço de venda – Como calcular o custo

A gestão de custos da empresa é importante por muitas razões, a principal delas se refere a tomada de decisões. Para esse requisito também é necessário conhecer a lucratividade, o que passa pelo custo do produto ou serviço. Em regra geral, há dois tipos de custos – fixo ou variável – ambos relacionados a produtos ou serviços. O restante deve ser classificado como despesas ou ainda, em caso de saída para aplicações, temos os investimentos. No seu sistema de controle, planilha ou até mesmo no caderno deve ser apurado, principalmente, o custo variável. Ele é a base para formação do preço de venda (Como calcular preço de venda). No custo variável devem estar inclusos matéria-prima, mão de obra direta e custos indiretos. A matéria prima é o preço de compra acrescido dos impostos ou a somatória de todos os “ingredientes” do produtos, o qual chamamos de composição. A mão de obra só pode ser considerada a direta. Esse custo só existe se for fabricada ou adquirida uma peça ou um serviço (Ex: um serviço de montagem terceirizado, por exemplo. Vamos a um exemplo prático. Imagine que iremos controlar a fabricação de um bolo de fubá. A matéria-prima será a somatória dos ingredientes e a mão de obra o serviço do padeiro, desde que ele seja remunerado pela quantidade de bolos produzidos. Assim poderemos calcular o custo do produto. Item do Custo Unidade Qtde Utilizada Valor Unit. Custo Mat. Prima Custo Mão de Obra Fubá KG 0,6  R$ 3,80  R$  2,28   –   Açúcar KG 0,4  R$ 2,90  R$ 1,16  –   Farinha de trigo KG 0,1  R$ 3,35  R$ 0,34  –   Óleo...