Nota Fiscal – Cálculo automático de impostos

O Brasil possui um sistema tributário que, além de ter uma carga tributária enorme é o que podemos chamar de “muito complexo”. Uma sopa de siglas (ICMS, IPI, PIS, COFINS, CST, NCM CFOP e assim vai), sem contar que na indústria você ainda acrescenta o “ST” e passa a ter ICMS ST, IPI ST, etc. Cada unidade da federação com regras e alíquotas diferentes entre si, e também com o regime tributário da empresa ou o tipo do destinatário podendo mudar todo o cenário. É para confundir qualquer um! Só essa complexidade já deixa o processo de faturamento demasiadamente lento, e o pior, incerto pois o colaborador “A” pode emitir uma nota para um cliente com um tipo de tributação e no próximo faturamento, que deveria ser idêntico, o colaborador “B”pode realizar totalmente diferente. É um caso comum quando um colaborador sai de férias e outro assume temporariamente o setor. O grande problema é que isso gera uma incerteza nesses documentos, que podem ser questionados até 5 anos após sua emissão. Como resolvemos essa questão? Criamos uma série de parâmetros que permitem cada empresa adequar o cálculo de tributos conforme as instruções do contador e, após definidos, todas as notas assumem esses parâmetros para a emissão dos documentos. Cito alguns métodos utilizados: Cruzamento de NCM vc CFOP: Os parâmetros são definidos no NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul) em função do tipo da operação (CFOP), então esse recurso evita que você tenha que especificar produto por produto quais as características da tributação, bastando informar no produto o seu NCM, dessa forma nosso sistema identifica como preencher a nota devidamente. Tributação...

Consultoria em custo e formação de preço online

Definir o preço de um produto ou serviço e calcular o custo destes para a empresa não é uma tarefa fácil, mas é vital para garantir o bom funcionamento do negócio. Já tratamos sobre como calcular o custo (Formação de preço de venda – Como calcular o custo) e como calcular o preço (Formação de preço de venda – Como calcular o preço) em nosso blog mas as dúvidas sobre assunto não param de surgir. O assunto pode ser bem amplo, como a equipe da Sistema Gestor é formada também por administradores de empresa com larga experiência em gestão, decidimos atender as solicitações, então para nossos clientes e também para quem ainda não é (mas podem vir a ser), passamos a oferecer com a intenção de auxiliar: a Consultoria em Custo e Formação de Preços Online. Como funciona? Por meio de conferência remota você apresenta suas dúvidas e necessidades ao nosso consultor, que irá instruir sobre o melhor caminho a seguir e como ordenar as informações para aproximar sua empresa do valor procurado. Qual o valor do serviço? A consulta com um de nossos profissionais é por hora e o investimento é de R$ 123,00hr. Dependendo do caso pode ser necessário mais tempo com outros valores. Fale Conosco! Como Contratar? Basta clicar no formulário abaixo ou ligar para nosso atendimento (17 3304-5025) para contratar o serviço. Após fornecer seus dados você receberá um boleto no valor dos créditos contratados e após o pagamento poderá iniciar sua consultoria online. Posso tratar do assunto imediatamente após o pagamento? Havendo disponibilidade do consultor, sim. Caso não seja possível é feito o agendamento. É possível verificar em nosso Chat a...

Empresa: 4 Passos para separar despesas Pessoa Jurídica da Física

É comum profissionais autônomos e empresas familiares misturarem as contas de casa com as da empresa. Quando isso acontece, sempre surge uma dúvida: qual o real resultado da empresa? Não podemos simplesmente dizer que é proibido pagar uma despesa do carro particular, por exemplo, com recursos da empresa ou abastecer o veículo de entregas com o dinheiro do bolso. O ideal é que não seja realizada essa prática, mas entendendo como pequenas empresas funcionam, não podemos negligenciar esses acontecimentos. O que deve ser feito é criar um senso organizacional para apurar esses eventos. Algumas empresas passam por dificuldades pela simples falta de planejamento financeiro ocasionado, muitas vezes, por pouca informação de seus donos ou de técnicas administrativas adequadas para gerir o negócio. Dicas simples são essenciais para garantir o mínimo de organização na empresa: Defina qual será o pró-labore (salário) do sócio; Peça nota fiscal ou recibo de tudo o que gastar, principalmente o que compete à empresa; Crie o hábito de escrever no recibo como foi o pagamento (dinheiro, cheque ou cartão de crédito ou débito); Organize um caixa para apurar os valores. Esse controle é vital para a saúde financeira da empresa e alguns softwares de gestão permitem com recursos simples controlar e apurar os gastos, inclusive diferenciando as despesas de competência da empresa das despesas domésticas. No software criado pela Sistema Gestor, uma ferramenta calcula todas as despesas domésticas, que são classificadas como “um adiantamento do pró-labore”. Quando efetivamente for lançado o valor do pró-labore do sócio, o software  identifica o saldo acumulado e deduz do valor a ser pago. Essa operação resulta em um extrato...