Sistema Gestor no programa Feiras e Negócios

O GFaz Nfe, software criado para atender pequenas e médias empresas na emissão de notas fiscais, notas fiscais eletrônicas e CTe, chamou a atenção do programa de televisão Feiras e Negócios, exibido na BandNews. O apresentador Carlos D’Goes trouxe detalhes sobre o GFaz Nfe e falou sobre as soluções oferecidas pela Sistema Gestor em um programa especial sobre a Feira do Empreendedor realizada pelo Sebrae entre os dias 7 e 10 de fevereiro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. “A Feira é, sem dúvida, uma excelente oportunidade para apresentar nossos produtos e serviços e gerar novos negócios”, afirma Matheus Fernando da Costa, diretor da Sistema Gestor. “Nossa participação do programa ampliou ainda mais nossa exposição. Pudemos apresentar nossas soluções a um número ainda maior de pessoas.” Produtos como o Gestor.Company, software modular que pode ser adquirido via BNDES, e a Fábrica de Software foram apresentados aos empresários e visitantes da feira no estande da Sistema Gestor. Programa Feiras e Negócios O programa Feiras e Negócios acompanha as principais feiras do país e leva aos empreendedores informações sobre novos negócios, franquias e turismo. O programa é exibido semanalmente na BandNews, TV Geração Z, TV Aberta São Paulo e Lagos...

Formação de preço de venda – Como calcular o preço

É crucial para indústria ou comércio calcular o preço de venda das mercadorias. A primeira etapa para esse processo é obter o custo do produto, como abordamos no post anterior (Como calcular Custos). Após percorrer esse caminho, é preciso identificar os percentuais das despesas que incidem na empresa, como impostos, comissão, inadimplência, entre outros. Outro item importante é identificar o percentual do custo administrativo que, de uma maneira simples, é obtido dividindo os custos fixos (folha de pagamento, custo da energia, aluguel, manutenção) pelo faturamento. Se uma empresa fatura anualmente R$ 500.000,00, por exemplo, e a somatória dos custos fixos é de R$ 170.000,00 (atenção, compra de materiais não entra nessa somatória), os custos administrativo são da ordem de 34%. Essa informação é um parâmetro tanto para calcular o ponto de equilíbrio da empresa como para determinar o preço de venda de um produto. O método que alia praticidade e eficiência para definir o preço de venda é o Mark-up ou simplesmente Markup. Embora possam haver questionamentos sobre precisão dos valores obtidos com esse índice, o Markup é sem dúvidas mais eficiente do que fazer o preço de venda sem critérios. Para chegar ao preço de venda podemos utilizar o Markup Multiplicador ou Divisor. Com qualquer um deles é possível obter o valor de venda. Na prática o Markup é um índice que permite, de forma rápida, chegar ao preço de venda através do custo de qualquer mercadoria. Como calcular o Markup para sua empresa ou linha de produtos? Siga os seguintes passos: Apure todos os percentuais incidentes (Obs: esses nunca serão maior que 100) Some esses percentuais Calcule o...

Formação de preço de venda – Como calcular o custo

A gestão de custos da empresa é importante por muitas razões, a principal delas se refere a tomada de decisões. Para esse requisito também é necessário conhecer a lucratividade, o que passa pelo custo do produto ou serviço. Em regra geral, há dois tipos de custos – fixo ou variável – ambos relacionados a produtos ou serviços. O restante deve ser classificado como despesas ou ainda, em caso de saída para aplicações, temos os investimentos. No seu sistema de controle, planilha ou até mesmo no caderno deve ser apurado, principalmente, o custo variável. Ele é a base para formação do preço de venda (Como calcular preço de venda). No custo variável devem estar inclusos matéria-prima, mão de obra direta e custos indiretos. A matéria prima é o preço de compra acrescido dos impostos ou a somatória de todos os “ingredientes” do produtos, o qual chamamos de composição. A mão de obra só pode ser considerada a direta. Esse custo só existe se for fabricada ou adquirida uma peça ou um serviço (Ex: um serviço de montagem terceirizado, por exemplo. Vamos a um exemplo prático. Imagine que iremos controlar a fabricação de um bolo de fubá. A matéria-prima será a somatória dos ingredientes e a mão de obra o serviço do padeiro, desde que ele seja remunerado pela quantidade de bolos produzidos. Assim poderemos calcular o custo do produto. Item do Custo Unidade Qtde Utilizada Valor Unit. Custo Mat. Prima Custo Mão de Obra Fubá KG 0,6  R$ 3,80  R$  2,28   –   Açúcar KG 0,4  R$ 2,90  R$ 1,16  –   Farinha de trigo KG 0,1  R$ 3,35  R$ 0,34  –   Óleo...

Como escolher um software de gestão?

A escolha de um software de gestão é um momento muito importante para qualquer empresa. É através dessa ferramenta que o empresário vai visualizar a situação do negócio, os setores que precisam de ajustes e onde estão as perdas. Por isso, é preciso observar alguns pontos considerados essenciais, só assim o software contratado realmente trará benefícios à seu negócio. O primeiro passo ao escolher um software de gestão é determinar  as reais necessidades da empresa e os recursos oferecidos pela tecnologia a ser adquirida. É importante que as funcionalidades do software tenham aderência, ou seja, atendam suas necessidades e tragam benefícios como redução de custos,  diminuição de tempo de operações básicas, eliminação de retrabalhos, aumento da eficiência do atendimento aos seus clientes e de competitividade. Outro ponto a ser verificado é se software de gestão é pronto ou feito sob medida. Softwares prontos são aqueles que você compra e inicia o uso. Já os sob medida são desenvolvidos especificamente para atender as necessidades de sua empresa. Dependendo do tipo do negócio, existem ótimas opções de produto pronto no mercado com valores bem atraentes, mas é importante verificar a aderência do software às necessidades de sua empresa.          Os softwares de gestão customizados, ou sob medida, têm maior aderência ao negócio, já que são confeccionados exclusivamente para a empresa. Normalmente o investimento neste tipo de produto é maior, assim como o retorno à empresa, já que são mais eficientes para atender as diferentes funcionalidades do negócio. Busque referências do fornecedor do produto. Esse item é muito essencial. Opte por empresas com solidez de mercado e boa entrega e sempre considere...

Empresa: 4 Passos para separar despesas Pessoa Jurídica da Física

É comum profissionais autônomos e empresas familiares misturarem as contas de casa com as da empresa. Quando isso acontece, sempre surge uma dúvida: qual o real resultado da empresa? Não podemos simplesmente dizer que é proibido pagar uma despesa do carro particular, por exemplo, com recursos da empresa ou abastecer o veículo de entregas com o dinheiro do bolso. O ideal é que não seja realizada essa prática, mas entendendo como pequenas empresas funcionam, não podemos negligenciar esses acontecimentos. O que deve ser feito é criar um senso organizacional para apurar esses eventos. Algumas empresas passam por dificuldades pela simples falta de planejamento financeiro ocasionado, muitas vezes, por pouca informação de seus donos ou de técnicas administrativas adequadas para gerir o negócio. Dicas simples são essenciais para garantir o mínimo de organização na empresa: Defina qual será o pró-labore (salário) do sócio; Peça nota fiscal ou recibo de tudo o que gastar, principalmente o que compete à empresa; Crie o hábito de escrever no recibo como foi o pagamento (dinheiro, cheque ou cartão de crédito ou débito); Organize um caixa para apurar os valores. Esse controle é vital para a saúde financeira da empresa e alguns softwares de gestão permitem com recursos simples controlar e apurar os gastos, inclusive diferenciando as despesas de competência da empresa das despesas domésticas. No software criado pela Sistema Gestor, uma ferramenta calcula todas as despesas domésticas, que são classificadas como “um adiantamento do pró-labore”. Quando efetivamente for lançado o valor do pró-labore do sócio, o software  identifica o saldo acumulado e deduz do valor a ser pago. Essa operação resulta em um extrato...